FÉRIAS, NOVOS AMIGOS E NANDO REIS

É curioso como certas pessoas, com atitudes singelas em tardes banais conseguem deixar a vida um pouco melhor e mais divertida.
São o tipo de pessoas que eu me pergunto como eu demorei tanto para conhecer.
Elas me fazem lembrar que fazer tudo é muito legal, mas que fazer nada pode ser melhor ainda... e que perder um jogo pode ser tão divertido quanto ganhar, que uma tarde de sol ou uma noitinha andando no sereno são as coisas simples, mas tão esplendidas que nem mastercard pode comprar!
São risadas, são piadas, são vozes, são imagens, são músicas, são 15 andares, são voltas perdidas pra direções opostas do mesmo caminho, é um mupy, um toddynho e um nescau, é o nando reis no meu pc, uma bola rosa de boliche no chão, outra na perna, é a pipoca cheia de manteiga, são uns bichos pré-históricos ou um serrial killer sem rosto, é uma bola de sinuca voando, outra bola de sinuca que mal se moveu, é uma bola de volei que caiu, e um passo solitário de ballet que atraiu atenção, uma coca-cola gelada depois da determinação, ou montes de twix, um fusca azul, uma travessia sem olhar, um guarda-chuva pra alertar, e um sentimento bom que pra sempre vai ficar... apenas uma palavra pra descrever... três silabas, cinco letras, três vogais e três consoantes: AMIGOS!

''A gente pensa que escolhe
Se a gente não sabe inventa
A gente só não inventa a dor
A gente que enfrenta o mal
Quando a gente fica em frente ao mar
A gente se sente melhor"
[A letra A - Nando Reis]


Pra vocês, meu muito obrigada!


Um comentário:

Jany disse...

LINDO, LINDO MESMO! AINDA QUERO LER UM LIVRO TEU! ;)